Nossa primeira Conferência Open edX está a poucos dias! Esperamos uma grande participação e estamos ansiosos para conhecer os membros da comunidade Open edX de todo o mundo. Enquanto isso, continue lendo para obter informações sobre Xavier Antoviaquetrabalho com a plataforma Open edX como CEO e Fundador da OpenCraftGenericName.

Onde está localizado o OpenCraft?
A OpenCraft é uma empresa francesa, mas na realidade somos uma equipe internacional trabalhando remotamente – dos EUA, Canadá, Alemanha, Eslovênia, Rússia… A geografia é apenas um fator para fusos horários. Procuramos os melhores e mais brilhantes desenvolvedores, independentemente da localização, para trabalhar no Open edX.

Como trabalhar com o Open edX se relaciona com a missão do OpenCraft?
Trabalhando no Open edX na verdade is a missão da nossa organização. Somos especializados em desenvolvimento, personalização e configuração de instâncias do Open edX — trabalhar apenas no Open edX nos permite ser realmente bons nisso, em vez de o edX ser apenas uma das muitas bases de código de software em que trabalhamos. Acreditamos no software livre, e hoje o Open edX é de longe o projeto de software livre mais promissor que promove a causa da educação. Trabalhar no Open edX e contribuir com desenvolvimentos para o projeto é para nós a melhor maneira de ajudar o projeto a atingir suas metas ambiciosas e trabalhar em software livre.

Como você ficou sabendo da iniciativa Open edX?
Quando a edX anunciou originalmente a publicação da fonte como software livre, eu era (e ainda sou!) um ávido usuário de MOOC. Depois de ter me beneficiado tanto dos cursos online como usuário, vi o lançamento do software livre como uma boa ocasião para retribuir. Comecei a olhar para a base de código para contribuir e entrei para a comunidade. Descobriu-se que, na época, havia uma escassez de desenvolvedores qualificados e muita demanda por personalização de instâncias e desenvolvimento de recursos no edX, e isso deu origem ao OpenCraft.

Há quanto tempo você trabalha com a plataforma Open edX? Qual tem sido o seu foco?
Desde seu lançamento como software livre, em março de 2013. XBlocks foi uma das primeiras coisas em que trabalhei – minha primeira contribuição foi o Tutorial do XBlock– e continua sendo uma de nossas áreas de predileção desde então: a mentorando XBlock feito para HarvardX/GSE foi o primeiro XBlock a ser usado em um curso ao vivo sobre edx.org, e desde então desenvolvemos uma série de XBlocks para edX e um de seus clientes. Também instalamos e personalizamos instâncias hospedadas para empresas e instituições acadêmicas, e recentemente começamos a desenvolver bibliotecas de conteúdo.

O que você vai discutir na Open edX Con?
XBlocks é claro! Estarei co-apresentando uma introdução e um tutorial que explica o que pode ser feito com XBlocks. Convido você a participar, mesmo que não tenha formação técnica, pois vou demonstrar algumas das XBlocks da comunidade.

Quais outros tópicos você está interessado em ouvir ou conversar com seus colegas desenvolvedores do Open edX?
Estou muito ansioso pela palestra de Gerald Sussman. Também estarei interessado em ouvir Beth Porter e Ned Batchelder falarem sobre o futuro do Open edX, que deve ser bem brilhante! : ) Eu também tenho desenvolvido interesse em LTI ultimamente, então vou assistir a palestra de Jim Waldo – a interoperabilidade é sempre uma preocupação importante para a liberdade de software, e é ótimo ver o edX melhorando seu suporte para o padrão LTI.

O que te inspirou e o que te mantém inspirado para trabalhar no espaço EdTech?
O que me mantém fascinado pelos MOOCs é a emoção que sinto ao aprender em MOOCs. Meu favorito atual é o relato de Andrew Bacevich do Guerra pelo Grande Oriente Médio. Ele ilustra perfeitamente a importância da educação para o mundo e a diferença que os MOOCs podem fazer ao melhorar o acesso a esse conhecimento.

Siga Xavier em Twitter e Google+.

 733 visualizações totais